Menu

Login




feed-image Feed Entries
Home Jovens
Jovens
Comunhão é algo contínuo PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Qua, 10 de Novembro de 2010 09:54

Ainda segundo a figura do tabernáculo, a comunhão do homem com Deus ocorria nos Santos dos Santos, e não no Lugar Santo ou no átrio (Nm 7:89, Ex. 40:20-21; 25:21-22). O Santos dos Santos, no Novo Testamento, representa nosso espírito, no qual Deus habita e onde podemos encontrá-Lo (1Co 3:16; 2 Tm 4:22; Hb 10:19). A melhor hora para encontrá-Lo é pela comunhão matinal, na oração matinal (Sl 5:3; Mc 1:35). Nessa comunhão, nossa mente ainda não está tão distraída, podendo facilmente ser colocada no espírito e antes de qualquer atividade temos a oportunidade de nos encontrar com o Senhor. Agindo assim, estaremos dedicando nosso melhor tempo ao Senhor. No entanto, não é só pela manhã que podemos ter comunhão com Ele, pois comunhão é algo contínuo. Na comunhão, devemos nos achegar ao Senhor como um papel em branco, no qual Ele pode "escrever" o que quiser em nós. Ao pregar o evangelho temos de estar com a mente no espírito, permitindo dessa forma que o Senhor fale por meio de nós. Mesmo quando comemos ou dirigimos temos de fazê-Lo em comunhão com Deus. Alguns irmãos têm insônia; esses devem aproveitar a oportunidade para orar: "Senhor, eis aqui a oportunidade de estar junto a Ti. É isso que o Senhor quer e é também o que eu quero. Senhor, tudo o que desejo é estar Contigo". O Senhor quer estar conosco até quando dormimos. Que todos tenhamos essa experiência!
(Extraído do livro Venha o Teu Reino, Dong Yu Lan, ed. Árvore da Vida, pp. 55-56).
 
Dízimo Moral PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Sex, 09 de Julho de 2010 23:45

 

Para a maioria dos jovens, dízimo não é um assunto muito claro. Dízimo moral, então, deve ser, ao menos, uma expressão intrigante. Mas, recentemente, numa reunião domiciliar, uma irmã lançou essas perguntas: o que posso fazer para evitar o dízimo moral? E como ajudar meus filhos a evitá-lo? Confesso que, a princípio não compreendi a profundidade da pergunta. No entanto, ao considerar diante do Senhor essa questão, percebi o quão relevante é a preocupação de nossa irmã, especialmente quando aos jovens bons, os mais corretos.

Última atualização em Qua, 30 de Março de 2011 22:14
 
Compartilhar de um jovem da Igreja em São Carlos PDF Imprimir E-mail
Escrito por TLD   
Ter, 18 de Maio de 2010 09:17

Amém amados, essa noite tive uma experiencia deliciosa, estava com muito sono, muito cansado, pois passei a noite de domingo para segunda viajando, entretanto algo me incomodava, algo que não me deixava durmir. É era o Senhor, assim como quando o Senhor chamou Samuel não tive muita facilidade de reconhecer a voz do Senhor, mas graças a Deus que ele não os chama apenas uma vez. Desfrutei de uma porçao muito rica. A experiencia de Daniel na cova dos Leões.

Em Daniel 6, vemos que Daniel foi acusado por ser alguem que 3 vezes ao dia se punha de joelhos e e orava, dando graças diante de DEus.....como COSTUMAVA A FAZER (vs. 10). Aqui está o primeiro ponto que me tocou, mesmo sabendo que estava proibida qualquer adoração que não fosse ao rei, Daniel entrou na sua casa se ajoelhou e orou ao Senhor, não pedindo algo, mas dando graças a Deus. Por isso Daniel foi condenado a cova dos Leões, o rei Nabucodonosor muito se entristeceu de ter ordenado que lançasse Daniel na cova dos leões tanto que passou a noite em Jejum e não deixou trazer a sua presença instrumento de música e fugui dele o sono (vs. 18). Em seguida há algo que me toca ainda mais, nos versicúlo 19 e 20 diz o seguinte: "Pela manhã, ao romper do dia, levantou-se o rei e foi com pressa à cova dos leões. Chegando-ele à cova chamou por Daniel com voz triste; disse o rei a Daniel: DANIEL, SERVO DO DEUS VIVO! Dar-se-ia o caso que o teu Deus, a quem tu CONTINUAMENTE SERVES, tenha podido livrar-te dos leões?"

Irmãos que maravilha, o mesmo rei que havia dito que não haveria nenhuma adoraçao que não fosse ao rei, sabia que o Deus de Daniel era o Deus vivo,e que somente o Deus vivo poderia livrar Daniel da cova dos leões e mais irmao, sabia também que Daniel era um servo fiel, pois continuamente servia ao Senhor.

Irmãos que tenhamos o mesmo testemunho e daniel, que sejamos jovens, irmaos, que continuamente sirvamos ao nosso Deus e que inependente da situaçao creiamos que o nosso Deus nos guarda. Que sejamos fortes e corajosos para mesmo contra tudo e contra todos possamos nos ajoelhar e dar sempre graças a Deus, que essa seja a nossa pratica, um povo que DIARIAMENTE se achega ao Senhor e com Ele tem intima comunhão. 

Para concluir o versículo que conclui o Livro de Daniel. Daniel 12:13 "Tu, porém segue o teu caminho até ao fim; pois descansarás e, ao fim dos dias, te levantarás para receber a tua herança."

Amém irmãos Jesus e o Senhor!!

Última atualização em Ter, 15 de Junho de 2010 11:00
 
« InícioAnterior12345PróximoFim »

Página 2 de 5

Joomla!. XHTML and CSS.