Menu

Login




feed-image Feed Entries
Home Jovens jovens As atitudes de um jovem vencedor
As atitudes de um jovem vencedor PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Qua, 17 de Novembro de 2010 18:06

Algumas vezes nos sentimos como alguém sem rumo; outras vezes estamos secos interiormente. O que está acontecendo? É hora de cruzarmos o rio que está diante de nós, sairmos da velha situação e entrarmos numa nova esfera de vida e de experiências. As situações mencionadas acima são sintomas que mostram que algo está errado conosco. Há algo inadequado em nossa vida espiritual. Talvez até estejamos satisfeitos com nossa condição, mas os sintomas mostram o contrário. A questão é que nós não conseguimos ligar as coisas. A maneira de encaramos os fatos denuncia nossa condição espiritual. O remédio está na Palavra de Deus. Em Apocalipse, nas cartas às sete igrejas, temos o falar do Espírito para todas as igrejas. Nesse falar, o Senhor mostra-nos as atitudes que devemos ter em nosso viver diário. Essas atitudes possibilitam-nos um viver adequado diante do Senhor.

Em Apocalipse 2:5, o Senhor diz: “Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à p prática das primeiras obras.”. Nesse versículo nós temos três palavras fundamentais: lembrar, arrepender e voltar. O Senhor já falou tanto conosco, mas será que nós nos lembramos? Muitas vezes nos lembramos de muitos métodos, muitas maneiras de resolver problemas, mas esquecemo-nos do fundamental, que é a Palavra de Senhor, esquecemo-nos daquilo que é verdadeiramente necessário, que é a vida de Deus. Ao lembrar, devemos arrepender-nos e voltar. Ao lembrar, podemos ver o quanto nos desviamos do caminho correto. Graças a Deus que podemos arrepender-nos e voltar!

No versículo 10, o Senhor também disse: “Não temas as coisas que tens de sofrer. Eis que o diabo está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova, e tereis tribulação de dez dias. Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a cora da vida”. Nesse versículo somo encorajados pelo Senhor a não temer as coisas que teremos de sofrer, entretanto muitas vezes nós tememos. Até aprece que o Senhor não sabe o que está acontecendo conosco, mas no versículo 9 Ele diz: “Conheço a tua tribulação”. O Senhor sabe de tudo e diz para não tememos e sermos fiéis até a morte. Essas são as atitudes: não temer e ser fiel. Quantas vezes, no meio da tribulação, pensamos em desistir, mas o Senhor nos diz: “Sê fiel!”.

No versículo 16, o Senhor diz: “Portanto, arrepende-te”. Aqui, mais uma vez, é mencionado o arrependimento. De quantas coisas temos de nos arrepender? Se olharmos para nosso viver, talvez até nos sintamos razoáveis, mas, quando a Palavra chega a nós e nos ilumina, vemos que realmente temos de nos arrepender de muitas e muitas coisas. No versículo 25, o Senhor Jesus também disse: Tão somente conservai o que tendes, até que eu venha. Temos de conservar o que nós temos. Ganhamos muito do Senhor, mas também perdemos muito do que ganhamos na comunhão com os irmãos. Ao contatarmos o mundo, os nossos colegas, nas nossas conversas vãs e nas nossas brincadeiras, deixamos a vida vazar. Não conservamos o que já temos. O Senhor, porém, diz-nos: “Conservai”.

Em Apocalipse 3:2 lemos: “Sê vigilante e consolida o resto que estava para morrer”. Estamos hoje vigiando? O Senhor nos pede para que vigiemos. O Senhor está prestes a voltar. O inimigo quer nos devorar. Estamos vigilantes? Outra atitude é consolidar. O que ganhamos, temos de consolidar. Ao revisarmos as mensagens, ao “ruminarmos” a Palavra de Deus, ao praticar e aplicar a Palavra, estamos consolidando o que ganhamos. O versículo 3 prossegue: “Lembra-te, pois, do que tens como tens recebido e ouvido, guarda-o e arrepende-te”. Temos recebido e ouvido muito. A questão é: consideramos o que temos recebido como algo importante e vital ou como algo muito comum e de pouco valor? Se realmente considerarmos como algo importante, devemos guardá-lo. Guardar – como isso é importante! Por isso temos de nos arrepender mais uma vez. Oh! Que o arrependimento seja algo marcante em nós e que possamos sempre fazer isso!

Nos versículos 11 lemos: “Venho sem demora. Conserva o que tens, para que ninguém tome a tua coroa”. Temos de conservar o que temos para que ninguém tome a nossa coroa. Ah, se pudéssemos nos lembrar disso a todo instante, nossa vida não seria mais a mesma! Nos versículos 18 e 19, o Senhor nos aconselha a comprar Dele ouro refinado pelo fogo (que se refere à natureza de Deus), vestiduras brancas (que representam os atos que são aprovados pelo Senhor) e colírio (que simboliza o Espírito par ungir nossos olhos) e nos ordena que sejamos fiéis, zelosos e que nos arrependamos. Por fim, no final de cada carta, diz que quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas. Aqui o verbo “dizer” está no presente. Isso significa que esse falar é sempre atual e presente. Que todos nós possamos ouvir e ter atitudes adequadas e ordenadas pelo Senhor por meio de Sua vida, que é sempre vitoriosa!

(Extraído de Atitude - um jovem vencedor, editora árvore da vida)

Última atualização em Qua, 30 de Março de 2011 22:12
 

Adicionar comentário



Joomla!. XHTML and CSS.